É OFICIAL!

Por Wagner Colozzo Abril
Mudamos de endereço oficialmente. A partir de hoje a Desconspiração passa a ser Desconspiração.COM
Nosso novo endereço é http://www.desconspiracao.com
Essa página será desativada dentro de alguns dias.
Obrigado a todos que nos acompanharam aqui e sejam bem vindo a nossa nova casa.

Abraços

WC
 

QUASE PRONTO!

Por Wagner Colozzo Abril
O Domínio já está liberado e o wordpress configurado. Agora falta pouco para terminar o layout e finalmente mudarmos de casa. Não percam essa estréia.
Deixa eu voltar a trabalhar na reforma.
 

Empacotando Tudo

Por Wagner Colozzo Abril
Quem já fez alguma mudança sabe como é complicado. Sempre falta alguma coisa para arrumar, embalar, etiquetar, empilhar, destruir provas comprometedoras e apagar a luz. Aqui não poderia ser diferente. Nossa mudança para um domínio .COM já foi iniciada e agora é só cuidar dos ajustes finais.
Dentro de alguns dias a Desconspiração vai evoluir para sua nova forma com muitas mudanças.
Estamos sempre trabalhando para atendê-los melhor.
 

Sereias nas Olimpíadas?

Por Wagner Colozzo Abril
Ontem estava vendo um pouco das Olimpíadas quando resolvi acompanhar a final do salto ornamental. Para quem não sabe o que é segue a explicação da Wikipedia e uma foto para ilustrar: "Saltos ornamentais ou saltos para a água é o nome dado ao conjunto de habilidades que envolve saltar de uma plataforma elevada em direção à água, executando movimentos estéticos durante a queda. Além de ser um hábito em muitas sociedades primitivas que vivem próximas ao mar, o salto ornamental é um esporte de grande técnica, plasticidade e flexibilidade."

Juliana Veloso do Salto Ornamental. Subitamente comecei a gostar desse esporte

Agora que já sabem como é o esporte, vamos aos fatos que presenciei ontem.
A saltadora sobe em um trampolim alta pra caramba, faz toda uma encenação de passos, ajeita o pé na beirada, faz um monte de piruetas que nem bêbado rolando um barranco consigo fazer e finalmente cai na água. Lindo salto, vários aplausos e ela sai rápido para ver sua nota. Imaginamos que ela vai secar-se, certo? ERRADO!
Assim que elas saem da piscina pegam uma toalha (pelo menos eu acho que é) menor que uma toalha de rosto, MOLHAM na piscina, colocam no ombro e VÃO PARA UM CHUVEIRO!(?)
Não contentes continuam se molhando com a toalha no ombro por mais alguns minutos rindo para as cameras e acenando até resolverem sair. Bom, agora vão usar alguma coisa para secar toda aquela água certo? Errado novamente... Para completar vão para uma banheira ficar sentadas lá.
Alguém me explica por que raios um ser sai da água com uma toalha para continuar se molhando com ela na mão? Eu tenho quase certeza que quem pratica esse esporte são sereianos, algum tipo de evolução humana prevendo a inundação do planeta ou eu sou uma besta completa para não entender algo muito óbvio aquela banheira tem remédio para aliviar a dor de uma "barrigada" momentos antes.
Mas enquanto tivermos saltadoras desse porte, não me importo em ficar vendo por horas todas na banheira.

 

Ah não! Tenha dó Record!

Por Wagner Colozzo Abril
Depois de matarem Heroes, eles aparecem com essa pérola:

"Depois de fechar um acordo milionário com a Fox para produzir a versão brasileira de “Ex-Men”, a Record corre atrás da “Pokémon USA” para adiquirir os direitos de reprodução da marca Pokémon no Brasil. Aquiridos estes direitos, a Record poderá utilizar de qualquer cena do anime, usar a imagem e nome de qualquer personagem, incluindo os quase 500 monstrinhos de Pokémon.

Ainda nas contratações para a produção da “PokéNovela”, a Rede Record pretende tirar a Warner do SBT, para que a auxilie na criação dos Pokémon em 3D. Ainda sobre o assunto, Alexandre Avancini está previsto para assumir a direção da novela e o texto ficará por conta de Thiago Santiago, o mesmo que encaminhara meses antes o projeto de “Ex-Men” para a cúpula da emissora. Pedro Malta, ator mirim da emissora, estaria escalado para o papel de “Andrey”, o protagonista da trama, e que teria como inicial um “Cyndaquil”, monstrinho de fogo que apareçe nos jogos da franquia.

A novela está prevista para 2009 e as fases de gravações começam em outubro, no RecNov, espécie de CDT/Projac da Record."

Roubei do Super Wallace.
 

As Pessoas Me Dão Medo!

Por Wagner Colozzo Abril
Estava olhando os dados do Analytics quando me deparo com essas buscas, no mínimo estranhas, no Google que vieram parar aqui.

"Cachorras velhas que tem cancer tem perigo de morrer na cirugia"
2º lugar nessa busca bizarra, mesmo com erro de português. Cirugia foi foda!

"Garotas bebadas de faculdade fotos"
Quando encontrar essa faculdade com essas garotas bêbadas, me manda um email para estudar um pouco de "humanas" lá...

Mulheres complexadas e gordas"
Esse até o Google sacaneia : "Você quis dizer: mulheres complicadas e gordas"

"Mulheres peladas e gordas"
Acho que procuravam por ISSO

Só tenho uma coisa a dizer: PÁRA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!
 

Cap 5 - A Despedida.

Por Wagner Colozzo Abril
Depois da noite regada a bebidas, nossos manguaceiros heróis estavam acordando com dor de cabeça e uma certa dificuldade de lembrar alguns dos fatos ocorridos naquela casa. Assim que todos estavam de pé e prontos para continuarem a busca, Anita deu as explicações finais para que não fossem atacados por alguem acordado que ainda andava pela cidade.
"A casa deles não é longe, mas precisamos andar rápido e com cuidado." - disse Anita.
Eles deixaram a casa andando nas sombras e em passos rápidos. Ao longo do caminho encontraram com algumas pessoas tentando andar, mas de tão bêbados não conseguiam nem ver o que estava a frente e era tudo o que eles podiam querer para não serem atacados.
Entrando na casa, perceberam que era maior do que aparentava, com várias salas, muitas mesas, algumas cadeiras estranhas e com muitas velas ao longo dos altos corredores. Anita os guiou até um salão onde as luzes eram mais fracas e com um pouco de dificuldade podia-se ver uma espécie de altar no final dela com uma mesa comprida e 5 cadeiras.
"Sábios, precisamos de sua enorme sabedoria." - disse Anita.
Uma voz que ecoou por todo o salão disse de volta "Aproxime-se Anita. Já sabemos de seus visitantes e estamos prontos para ajuda."
Uma mistura de alegria e receio tomou conta dos Jebas nesse instante, mas eles foram treinados para não recuar em nenhuma situação, então seguiram em frente prontos para qualquer coisa.
Assim que se aproximaram do altar puderam ver melhor as 3 mulheres e os 2 homens que apesar da idade avançada não aparentavam ter mais do que 40 anos.
Com um aceno de cabeça de Anita, Black pôs-se a frente e começou a explicar tudo o que aconteceu desde a decisão de partir de Trolha. Os sábios ouviram tudo com atenção e demonstraram bastante interesse enquanto explicava a tecnologia trolhana, ao final os 5 se olharam por alguns segundos e uma das mulheres disse: "O que vocês procuram pode ser encontrado a algumas horas ao sul daqui em um pequeno povoado. A única forma de chegarem lá é passando por uma pequena ponte que é frequentemente vigiada por VIH. Ele costuma se alimentar de algumas daquelas pobres camponesas que saem para as plantações. Mas devo alertar que um de vocês precisará fazer uma importante escolha antes que o dia acabe."

Ao terminar de pronunciar a última palavra as luzes do salão piscaram e no momento em que olharam para a frente todos os lugares estavam vazios. Essa era a deixa para que eles partissem daquela cidade o mais rápido possível para salvar Trolha.
Anita acompanhou os Jebas até os limites da cidade pensando na noite mais divertida que teve nos últimos anos e com a partida deles sua vida agora voltaria a ser tediosa como sempre fora deixando-a triste. Mas na cabeça dos Jebas um único pensamento atormentava a todos ao mesmo tempo, que escolha seria essa e quem deveria fazê-la.

Ao chegarem perto de um rio, Anita se despediu dos alienígenas com muito pesar. "Tenho que ficar aqui, eu seria um peso e atrasaria vocês na busca. Venham me visitar novamente, ficarei com saudades." Abraçou a todos e sentou na margem do rio chorando enquanto via seus novos amigos cruzarem o rio.

Alguém quer dar um mergulho?




Após algumas horas seguindo o caminho indicado pelos sábios finalmente viram uma ponte surgir a frente deles. Mas assim que se aproximavam dela percebiam o tamanho do desfiladeiro abaixo e entenderam que o pequena ponte não era referente ao comprimento, mas sim a largura.
Com todo o cuidado começaram a cruzar pois o vento era forte naquele ponto e uma queda daquela altura não seria nada agradável, mas assim que alcançaram a metade da ponte surge VIH correndo como uma besta desenfreada fazendo com que tudo chacoalhasse quase derrubando os Jebas. Com muito custo eles conseguem correr, mas um forte vento junto com os pulos de VIH fazem com que eles fiquem pendurados e em posição bem difícil.
"Rápido, soltem as mochilas e qualquer peso extra que estiverem carregando e segurem firme!" Gritou Ganso que já tinha se livrado de seus pertences e estava prestes a cortar as cordas da ponte. Com um estrondoso NÃO, todos começaram a despencar rumo a parede de pedra oposta em grande velocidade enquanto VIH ,que apesar de ter asas mas não saber como usá-las, caia gritando e lançando tiros de veneno nos trolhanos.
Só conseguiram ouvir o barulho na água e um pequeno ponto flutuando no meio do rio, VIH estava morto e nossos heróis ainda vivos.
Mesmo com os corpos doloridos pela queda e pela batida na parede dura de pedra, eles escalam com dificuldade, mas contentes por mais uma vitória em sua busca. Nesse momento percebem fumaça saindo por trás da montanha, isso significa que sua busca está muito próxima do fim. Eles se olham e não é necessário dizer mais nada, o fim está próximo.


VIH está mesmo morto?
Como serão as noites de Anita agora?

Não percam finalmente o último capítulo.
 

Cap 4 - A Tortura

Por Wagner Colozzo Abril
Guiados pela camponesa, eles chegam sem problemas até a aldeia de Swing para saber se alguém conhecia os kabaços. Durante todo o trajeto não conseguiram parar de pensar na cena do lago e como as pessoas iriam reagir à presença deles. Era fim de tarde e uma agitação começava a tomar conta das pessoas que corriam acendendo as luzes, preparando bebidas, arrumando salgadinhos e carregando caixas fechadas por todos os lados. Com essa bagunça toda, eles conseguiram passar despercebidos até a casa de Anita para passarem a noite e assim falar com os sábios da aldeia pela manhã.
Assim que entraram na casa perceberam que estava vazia e tinha móveis bem rústicos, nada parecidos com a tecnologia que estavam acostumados em Trolha. "Fiquem à vontade. Vai ser legal ter companhia pelo menos por uma noite. Como já disse antes, não posso participar das festas pois não tenho imunidade ao veneno de VIH como os outros. Por esse mesmo motivo sou obrigada há passar meus dias sozinha." disse Anita.
Aquela noite fora a mais confortável que tiveram desde que iniciaram a missão, a anfitriã preparou um prato típico de Swing para que seus convidados aliens experimentassem. Meio a contragosto experimentaram e para a surpresa de todos acharam ótimo.
"Qual o nome disso?" perguntou um exaltado Frota.
"É uma receita muito popular aqui, se chama PIZZA" respondeu prontamente Anita.
Até aquele momento nenhum trolhano jamais tinha comido algo que não fosse feito de kabaços e ficaram ainda mais empolgados quando ela despejou nos copos um liquido dourado espumante para que bebessem. Depois do primeiro gole ficaram ensandecidos e experimentariam qualquer coisa que ela oferecesse. Um mundo novo de sabores surgia diante deles e pensaram que não morreriam mais de fome se soubessem como produzir comidas daquele tipo. Mas ainda precisavam dos kabaços para outros fins, como combustível, remédios, e outras coisas importantes em Trolha.






Nem mesmo aliens resistem a isso

Corria tudo bem dentro da casa naquele inicio de noite com todos contando histórias, bebendo o suco dourado e relaxando antes de partirem novamente à busca. Anita estava adorando ter com quem conversar a noite ao invés de ficar lendo ou olhando a festa pela janela. Exatamente nesse momento Ganso olha para fora e grita sem tirar os olhos da janela: "OLHEM AQUI, RÁPIDO!"
Em um segundo todos estão nas janelas da casa vendo a coisa mais estranha que já puderam presenciar. Um homem correndo com uma mulher nos ombros gritando NINGUÉM É DE NINGUÉM foi uma delas. Anita começa a explicar o que acontece naquela cidade:
"Todas as noites isso acontece aqui, é a festa de Swing. Onde as pessoas trocam de parceiros, parceiras, bebem e comem até o sol raiar."
Schucruts continuava a olhar para a janela sem sequer piscar para não perder nenhuma cena quando algo o assustou tanto que sua voz mal saia, quando conseguiu falar disse "Eles são torturadores de trolhanos" e apontando para a janela mostrou que os seres daquele planeta usavam aparelhos semelhantes ao Jebas e divertiam-se com isso.
Sem hesitar todos buscaram suas armas e apontaram para Anita que começou a tentar explicar o que acontecia e a chorar por sua vida.
"Aquilo não é um de vocês, é uma peça feita em vidro ou madeira. Precisam acreditar em mim."
Andando de costas até a porta os Jebas pareciam não dar ouvidos aquela mulher que até poucos minutos antes era considerada a melhor coisa da viagem.
"Se vocês saírem serão usados como eles e alguns homens vão ficar loucos para tê-los" disse Anita e caiu no chão chorando. Frota comovido com a cena abaixou a arma e mesmo contra as ordens de Black foi caminhando até ela.
"Ela nos ajudou até agora capitão, não tem porque não confiarmos agora."
Após essas palavras, eles guardaram suas armas e continuaram a ouvir a explicação da garota:
"Era por isso que não queria levá-los até que amanhecesse. Eu sabia que seria menos perigoso saírem durante o dia, pois muitos estarão dormindo."
Com a confiança em Anita restabelecida, nossos heróis seguiram para o merecido descanso já pensando em como seria o dia seguinte.
Somente Frota e Shucruts continuavam a comer pizza e tomar a bebida dourada noite adentro e discutindo como deveria ser aquela tortura que viram há pouco.

Foi mais ou menos isso que viram pela janela.



Será que nossos bêbados heróis vão conseguir sair sem problemas?
Será que podem confiar tanto em Anita?
Que método de tortura era aquele?

Não percam o capítulo 5 dessa idiota história.




 

Justificativas

Por Wagner Colozzo Abril
O capítulo 4 está quase pronto, mas acontece que ontem e hoje eu estive cuidando da minha pequena, e meu comparsa Porco sumiu do mapa. Acho que ele foi sequestrado por marmotas radioactivas do centro da terra. Vou fazer o máximo para publicar o novo capítulo ainda hoje.
 

Cap 3 - Estranhas Sensações

Por Wagner Colozzo Abril
Após saírem daquele buraco úmido e de aroma singular, o sopro de ar fresco seguido da vista daqueles campos que brilhavam ao pôr-do-sol fez com que o animo dos JEBAS explodisse dentro deles. Nesse momento descobriram que o odor dentro do túnel fez com que os kabaçômetros se desregulassem, e levaria algum tempo até que Ching os arrumasse. Eles estavam cansados, com fome, com sede e sem uma rota específica, mas agora não era hora de pensar em parar ou descansar. Afinal de contas, eles acreditavam estar próximos de retornar a Trolha antes do anoitecer. E foi com essa explosão de ânimo que os fálicos heróis saíram em disparada montanha abaixo para chegarem logo à cidade que parecia ser bem subdesenvolvida.
Quando chegaram à base da montanha, perceberam que o brilho daquele campo era de uma gigantesca plantação de estranhos frutos em forma de diamantes azuis. Frota inicia uma análise para descobrir se seria tóxico ou não para os trolhanos.
Frota: "Pelo que percebi essa fruta contém uma enorme quantidade de uma substância que nós usamos em nossas bebidas energéticas. Não faço idéia dos efeitos que tamanha dose possa fazer em um de nós. Vou levar algumas caso precisemos e para análises mais profundas."
Com alguns frutos nas malas, os Jebas seguem a caminhada até a cidade através da plantação quando viram uma linda camponesa que se banhava completamente nua em um lago de águas cristalinas.

Acharam que eu ia colocar uma mulher pelada? Isso é um blog de família...


Uma sensação estranha tomava conta do esquadrão que fora treinado para não sentir nada diante de qualquer inimigo, mas aquilo era algo totalmente novo. Não sabiam como explicar o fato de todos ficarem em estado de "sentido" mesmo que suas mentes lhes dissessem para abaixar e ficar escondidos. Estavam em um planeta estranho dominado por gigantes que mesmo sendo subdesenvolvidos, conseguiam hipnotizá-los sem nem ao menos olhar para eles. Black resolveu tomar a frente e ir interrogar a estranha criatura daquele planetinha. Black: "Olá habitante desse planeta. Eu sou Black, líder dos Jebas. Viemos em paz." Nesse momento a camponesa se assusta ao ver os trolhanos, cai dentro do lago e começa a gritar por socorro. Imediatamente Black continua a falar: "Não queremos fazer mal. Precisamos de ajuda para salvar nosso planeta natal. Por favor, nos ajude." A camponesa parou de gritar e gaguejando perguntou: "Vo-vo-vocês são de ooo-o-outro planeta?" Todos afirmaram e começaram as apresentações: "Eu sou o comandante Black, esse é Frota nosso técnico de campo, aquele é Schucruts nosso especialista em bombas, aquele é Ching Yung nosso especialista em eletrônica e aquele é nosso piloto Ganso. Nós somos do planeta Trolha" A camponesa ouviu tudo desde a falta de kabaços até a busca com atenção e surpresa por existirem seres daquela forma na galáxia. Quando os Jebas terminaram de contar a história, ela já estava mais calma e disse: "Meu nome é Anita e infelizmente não sei o que são esses kabaços. Talvez alguém na aldeia saiba. Mas tenho que avisar que o povo pode ficar meio empolgado por verem vocês. Acontece que em aqui na aldeia de Swing, toda noite tem uma festa e ninguém é de ninguém, se me entendem." Os Jebas concordaram, mas ficaram com expressão de que não tinham entendido o motivo do problema, quando Anita explicou como eram as festas, o motivo da plantação que eles viram quando desceram da montanha, o principal problema de suas formas e o que poderia acontecer com eles. Aquela sensação de hipnose misturada à empolgação voltou a tomar conta deles e antes que percebessem já estavam pulando pensando em como tinham sorte de cair em um planeta com criaturas como a camponesa.

Aldeia de Swing


Nesse momento Ching lembrou-se de VIH e que o contato com aquele povo poderia matá-los. Ching: "ATENÇON NÉ, VIH AKI!" Mesmo com um sotaque muito grande, todos entenderam o que Ching queria dizer. Aquele povo ainda não tinha exterminado a raça de VIH como já havia sido feito em Trolha. Eles precisavam ter cuidado porque esqueceram as roupas de proteção no Preservativo XXII. "Então vocês também conhecem VIH? Meu povo é imune ao veneno dele, então mesmo que ele os atinja nada acontece e podem continuar fugindo. Mas assim como eu alguns não são, tudo o que podemos fazer é fugir e torcer para não sermos pegos por seu ataque de veneno. Caso ele consiga nos envenenar, vamos perdendo as forças rapidamente e ele pode nos alcançar e devorar." Mais tranqüilos sabendo que não corriam perigo com Anita, os Jebas aceitam acompanhar sua nova amiga até a cidade para descobrirem se conseguiam alguma indicação de onde encontrar os kabaços.

Será que os outros habitantes vão se assustar com nossos heróis?
Será que vão achar os kabaços?
Que sensações foram aquelas que sentiram?

Não perca o 4º capítulo dessa estúpida estupenda história.

 

Já não somos tão lixos!!!!

Por Wagner Colozzo Abril
Hoje fomos citados no FILECAST. Esse foi o primeiro passo para nos tornarmos cada dia mais folgados conhecidos. O próximo passo é aparecer no logo do GOOGLE. Até parece....
Mas deixo aqui um pedido para quem ouvir. Deixem pelo menos um comentário dizendo o que acharam. Saber o que pensam é importante para nós que produzimos conteúdo na internet.
 

Cap 2 - A Entrada

Por Wagner Colozzo Abril
Graças à proteção do Preservativo XXII e a inteligência de Ching para penetrar sistemas, os Jebas conseguiram entrar no planeta Swing sem maiores problemas. Com a nave escondida e os Jebas armados, partiram para explorar o planeta e encontrar os tão preciosos Kabaços. Black: "Atenção Jebas, estejam prontos para tudo. Nossos sensores já detectaram a existência do monstro VIH nesse planeta e não sabemos o que nos espera entre os nativos. Mas não façam prisioneiros." Adentrando a densa floresta, nossos heróis depararam com grossos arbustos que cobriam todo o caminho até a entrada de uma gruta. Mas era justamente para lá que os kabaçômetros apontavam. Sem outra escolha a não ser enfrentar aquele emaranhado a sua frente, os Jebas começam a desbravar o que para muitos pareceria impossível. Mas eles eram a elite de Trolha, os melhores em suas especialidades e não seriam alguns matinhos que iriam os amedrontar. Mas quando faltava pouco para chegarem à gruta, surge o terrível VIH gritando e destruindo tudo o que estava pela frente. É nesse momento que o comandante Black percebe que deixaram suas proteções no Preservativo XXII. Apesar da aparência, ele não é tão inteligente.
Black: "Jebas, para a caverna! Atenção Shucrutz, assim que entrarmos exploda e bloqueie a entrada." Com passos largos e tiros precisos, nossos heróis partem correndo para a entrada da caverna enquanto Shucrutz preparava o detonador para derrubar as pedras no topo do monte e assim manter VIH do lado de fora. No momento que passam pela entrada da caverna Schucrutz grita: "FOGO NO BURACO!". Aciona o gatilho e derruba imensas pedras em cima de VIH que acaba soterrado e assim sela a entrada. Agora não existe alternativa a não ser seguir em frente e descobrir onde aquele caminho que os kabaçômetros indicam os levará. A caverna era escura e molhada, e possuía um aroma que fazia com que os Jebas sentissem que estavam caminhando sem sair do lugar. Quando achavam que aquele túnel não tinha fim, uma luz apareceu e motivou os bravos soldados em sua busca. Assim que saíram da caverna, perceberam que estavam diante de um gigante campo com uma cidade em seu meio.

A caminhada será longa...

Sem saber o que os aguarda nessa pequena cidade, nossos heróis partem com as esperanças renovadas de encontrar logo os Kabaços e retornar a Trolha.

Será que não veremos mais VIH?Será que essa cidade é amigável?Não perca o 3º Capítulo dessa incrível saga.

Imagens gentilmente cedidas pelo tio GOOGLE

 

CALMA!!!!

Por Wagner Colozzo Abril
Não precisam sair correndo com tochas e forcas para nos trucidar.
Vamos tentar terminar a continuação da história dos JEBAS ainda hoje. Acontece que eu e o Porco também fingimos que trabalhamos e ainda não deu tempo de concluir algumas coisas.
Então não arranquem os cabelos do dedão do pé e mantenham a calma.
 

CAÇADORES DE KABAÇOS

Por Wagner Colozzo Abril
Muito tempo atrás no distante planeta Trolha, viviam os trolhanos. Seres avançados em matemática, física, química e elêtronica. A vida em Trolha era o exemplo de evolução e ordem que poderia existir na galáxia, tudo isso graças aos kabaços. Principal fonte de energia, combustível, remédios e qualquer outra coisa que vier a mente, os kabaços eram abundantes em Trolha desde os primeiros escritos que se tem conhecimento. Os "kabaços" podiam ser utilizados para muitos fins, mas eles não eram renováveis. Como nunca se preocuparam em preservar os que possuíam, eles foram acabando.
Os trolhanos acreditavam que a natureza sempre daria mais dessa maravilhosa descoberta, nunca imaginaram que um dia eles se tornariam escassos e chegariam perto do fim. Esse foi o único erro desse povo.

Agora, num ato desesperado para obter mais fontes de kabaços, o governo Trolhano decide fazer uma expedição no espaço para explorar planetas virgens onde os recursos naturais ainda estavam intacto atravez dos milênios. Uma equipe foi formada reunindo os melhores soldados dos quatro cantos de Trolha, eles seriam reponsáveis por essa operação. Do Oriente Trolhano foi chamado Ching Yung, um Trolhano pequeno e franzino, típico Oriental Trolhano. Ele é responsavel pela cobertura tecnológica da equipe. De um país nórdico de Trolha, foi convocado Shucrutz, especialista em bombas, ele estoura qualquer coisa. De um país de terceiro mundo Trolhano, foi chamado Frota, especialista técnico que trabalhava os Kabaços para o qualquer uso, conhece tudo sobre kabaços. E por fim, para liderar a equipe O Trolhano Black, o maior e mais forte soldado do exército Trolhano. Juntos formam a força JEBA!
O Orgão Trolhano P.I.N.T.O (Pesquisas Interespaciais Nativas de Trolha On-line) desenvolveu o ônibus espacial PRESERVATIVO XXII especialmente para essa missão. No comando da nave esta o comandante Ganso, que recebeu a responsábilidade de comandar o PRESERVATIVO XXII .


Nossos fálicos heróis deixam Trolha sem saber o que os aguardam. Os Kabaçômetros apontam para um Planeta chamado Swing e é lá que os JEBAS vão arrumar os Kabaços que precisam. Durante a viagem, o Ching tenta invadir os sistemas de Swing, para facilitar a entrada e mascarar a operação. É quando descobre um perigo mortal em Swing, o VIH, monstro que vive rondando as planícies de Swing. Ching consegue a invasão e os JEBAS conseguem entram no Planeta Swing sem serem detectados.


Será que nossos Heróis vão conseguir os Kabaços que precisam?
Será que vão encontrar VIH o terrível?
Não deixe de acompanhar a série:

CAÇADORES DE KABAÇOS


Criado por Porco e WC
 

Filecast

Por Wagner Colozzo Abril
Quem me conhece sabe que 99% do que escuto o dia inteiro são podcasts. O mais recente que encontrei e passou a integrar a playlist do meu palm é o excelente Filecast da equipe do consagrado forum de compartilhamento FileWarez.
Em apenas 23 episódios Jabour_rio, Sandra e cia provaram que merecem seu lugar ao sol ao lado de podcasts como Nerdcast, Cinema com Rapadura e RadarPop.

Wallpaper Filecast

Wallpaper da FileCast, parece minha mesa.

Para quem gosta de tecnologia, lançamentos, guerra dos sexos e os mais variados assuntos, fica a dica. Garanto que terão horas de risadas e informação.

 

CIGARROS

Por Porco







A falta de atenção ainda acaba comigo, acreditam que joguei um maço de cigarros inteirinho fora, comprei por engano o maço que faz broxar.

















Geralmente eu prefiro o que mata ratos e baratas, ai eu ja aproveito e faço uma detetização em casa. O foda é fazer os ratos e baratas tragarem até morrer... geralmente levo dias.

















O cigarro que aborta também não me faz mal... Já que sou Homem e não posso ficar grávido... Mamães, muito cuidado para não fumar esse.

















O que mata criancinhas eu também fumo sem medo, Sou maior de 18 portanto não me fará mal... alem do mais, vender tabaco para menores alem de Imoral é ILEGAL viu.
















Agora o que amputa as pernas e dá cancer, mantenham-se longe deles... esses sim prejudicam todo mundo.




Fiquem alerta. Cigarro é droga e vicia (assim como mulher, dinheiro e tatuagens
 

Pra quê filtro de pais?

Por Wagner Colozzo Abril
Essa maneira é muito mais eficiente. :)


Já passou pelo Dr. Pepper hoje?

 

Por isso prefiro a Internet

Por Wagner Colozzo Abril
Que as novelas andam muito ruins é verdade, mas agora foi sacanagem.
" Briga termina com cuspe em 'A Favorita' "
fonte: TERRA

"Em A Favorita, da Globo, uma briga entre Donatela (Claudia Raia) e Silveirinha (Ary Fontoura) vai terminar com uma cena chocante: o mordomo cuspindo na cara da madame, contou a coluna Retratos da Vida do jornal Extra."

Professor de cuspe.


Quando acho que não pode ter coisa tão ruim quanto Superpop, "Mutantes", qualquer coisa do SBT e aqueles programas que passam de madrugada, me aparece essa "magnífica" trama.
Mas calma que a notícia piora...

"Na discussão, o empregado chama a patroa de "porca, cachorra, lixo e caipirona ridícula".
Silveirinha diz ainda que Donatela vai voltar para o esgoto de onde ele a tirou quando ela era pequena. "Maldita a hora que eu te tirei de lá, porque lá é o seu lugar é onde você deveria ter ficado o resto da sua vida", esbraveja o personagem."


PÁRA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER AGORA!!!!!
 

AH, O VERÃO!

Por Porco
Estava fuçando no Youtube, quando reví esta montagem feita por um amigo...
esse dia no playcenter foi muito bom apesar de parecer meio estranho.
nessa época eu nem precisava beber pra ficar sem noção das coisas.






tempos bons que não voltam mais.
 

TIRINHAS!!!!

Por Wagner Colozzo Abril
Para quem gosta de tirinhas, aqui está um prato cheio para umas risadas em alto e bom som.
Dr. Pepper é um site com tiras politicamente incorretas de uma qualidade excelente.
Dr. Pepper
Conheço pessoas que pensariam a mesma coisa que esse moleque...
 

Isso é coisa de estagiário, só pode.

Por Wagner Colozzo Abril
Que os estagiários fogem das aulas e não pensam nem meia vez antes de fazer merda uma coisa é de conhecimento geral de todos. Mas os do TERRA são bons nisso...

Alguém pode me responder o que essa foto tem haver com pós-graduação??? Que eu saiba a época para festas, porres e mulheres é na faculdade. A pós seria para estudar e aprender o que deveria ter visto na faculdade. Se colocassem a mesma mulher mas com aquelas roupinhas ridículas de formatura faria sentido, mas isso aí tá parecendo foto para creme dental.

 

CON K ??!!

Por Wagner Colozzo Abril
Quem já tem seus 20 e poucos anos lembra de Carrossel. Como não gostar da professora Helena (aaahhhh professora Helena..) e rir de seus alunos?

Hoje estava passeando pelo Youtube quando encontrei a abertura dessa maravilhosa novela. Na hora achei que tinha sido um erro do operador de GC, mas fazendo uma pesquisa descobri que o nome é ESSE mesmo. http://www.imdb.com/name/nm0174147/


O que passa na cabeça de uma criatura dessa para colocar um nome artístico assim?

Para quem quer matar a saudades, segue a abertura.

"

 

A verdade por trás da pane de ontem

Por Wagner Colozzo Abril
Era uma vez em uma cidade muito, muito distante um carteiro, seu nome era Picles Jr.

Picles Jr adorava seu emprego e conhecia até mesmo os cachorros da vizinhança, que nem o perseguiam mais. Um dia Picles Jr ouviu falar de um tal de e-mail e sobre como ele iria acabar com as correspondências como conhecia. Veterano das cartas, ele achou que seria impossível que isso acontecesse. "As pessoas sempre vão gostar mais das cartas do que dessas máquinas" pensou ele.

Passado alguns meses, ele percebeu que o peso de sua bolsa de cartas ficava cada dia mais leve e começou a se perguntar o que acontecia para as pessoas não escreverem mais umas para as outras. Perguntou a dona Maribel como estava sua surda mãe no Acre sendo que não entregara mais nenhuma carta a mesma tinha algum tempo. Ele se surpreendeu com a resposta ao saber que erraram sua cirurgia de amígdalas e haviam feito uma cirurgia para colocar silicone e que graças a isso tinha fechado contrato para um filme pornô. Quando a questionou quando foi que tudo aconteceu, ela respondeu que foi semana passada em um e-mail antes da gravação da sua primeira cena em Selvagens na Selva. Desiludido, Picles Jr volta para sua casa com uma garrafa de Caninha da Roça em um saco de pão mas ainda acreditando que logo essa mania de e-mail passará e as pessoas voltaram as boas e velhas cartas.

Alguns anos depois, o movimento caiu bastante e os chefes foram obrigados a fazer um corte de pessoal. Picles ficou desolado, ele não acreditava que aquilo estava acontecendo. Ele perdera o trabalho que sempre amou para um monte de máquinas que não se importavam se as pessoas receberiam ou não suas correspondências. Agora sua vida se resumia a escrever cartas para si mesmo e beber garrafa atrás de garrafa de Caninha da Roça e de Tubaína limão. Mas ele nunca as postou e elas foram amontoando, até o dia em que uma gigantesca pilha de cartas soterrou Picles Jr. Durante 7 dias e 7 noites, ele ficou em baixo do monte de cartas, com cortes feitos pelo papel em todo o corpo e acabou sufocado com um selo que se desprendeu de uma de suas preciosas cartas. Seu último pensamento antes de perder completamente a consciência foi: "Seus maníacos, me vingarei de todos".

Picles Jr acorda em um quarto todo branco. A sua frente encontra-se um homem que ele logo reconheceu como sendo Sr. Picles, seu pai que havia morrido na guerra quando ele ainda era jovem.
Picles Jr: "Papai? Onde estamos? Estou morto?"
Sr. Picles: "Isso não importa agora meu filho. Mas você ainda não pode descansar. Tem um trabalho a cumprir e precisa ser feito o quanto antes."
Nesse momento Sr Picles começa a falar em uma língua que ele não conhecia e sentiu todo seu corpo começar a levar pequenos choques até que ouviu "QUANDO O INFERNO ESTIVER CHEIO, OS MORTOS CAMINHARÃO SOBRE A TERRA. E PARA VOCÊ, ELE ESTÁ LOTADO!"
No mesmo instante as cartas que haviam soterrado o ex-carteiro começaram a mexer e uma mão branca, decrepita e toda machucada pelos cortes de papel surge procurando algo em que se apoiar e nesse momento inicia-se A VINGANÇA DO CARTEIRO ZUMBI!

Sua pele estava pálida, seus olhos sem cor e sua voz não saia. Ao invés dela gritos e urros assustadores que fariam o esqueleto de uma pessoa fugir de dentro de seu corpo. Ele agora era conduzido pelas forças da vingança.

Guiado pelas forças ocultas da vingança, ele sai em direção a seu destino final. O berço do que destruiu sua vida, a central da Telefônica.
Por coincidência do destino, ele acabou caindo em um bueiro aberto mas continuou seguindo seu caminho montado em um jacaré que vivia nos esgotos, isso fez com que não fosse visto pelos seguranças ou por funcionários. Chegando ao seu destino, a central de controle de internet, ele liberou toda a raiva contida desde o dia de sua demissão. Começou a andar de um lado ao outro procurando como completar sua vingança. Até que sem querer tropeçou em um fio que causou um curto-circuito em todos os servidores e nas luzes a sua volta. Percebendo que havia conseguido completar sua missão, procurou uma maneira de sair de lá o mais rápido possível sem ser detectado e dissecado por consequência. Encontrou uma roupa do pessoal de limpeza abandonada e rapidamente vestiu e saiu andando tranquilamente pela porta da frente como se nada tivesse acontecido.
Hoje ele vive no Acre e contracena nos filmes com a mãe de dona Maribel. Ele não é um homem de muitas palavras, mas encontrou um novo significado para sua vida...










Isso é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com a realidade nos deve direitos autorais. :-)
Texto de Porco e WC
 

Não me surpreende

Por Wagner Colozzo Abril
Mulher Melancia: "Roupa deforma, engorda"


Mulher MelanciaDepois de tomar uma garrafada, Andressa Soares diz que não acredita ter sofrido o ataque devido a ciúmes.
"Não provoco ciúmes nas casadas e muitas até pedem para eu tirar fotos de costas para levar para os maridos." Para completar diz que prefere ficar nua do que com roupa. "Roupa deforma, engorda".


Anotem isso garotas, o truque para não falar que estão gordas é começar a andar sem roupa e agradar os maridos tirando fotos de bundas femininas alheias...

Já prevejo uma catástrofe no mercado textil e mais uma desculpa masculina para tirar a roupa das mulheres complexadas.
 

Reunião Semanal

Por Wagner Colozzo Abril
PORCO diz:
E ai WC??
WC diz:
Tranquilo Porco?
PORCO diz:
Mais ou menos
WC diz:
O que acontece?
PORCO diz:
Levaram minha carta de motorista ontem, você acredita??
PORCO diz:
Eu estava totalmente apto à direção
WC diz:
Mas não estava dirigindo um trator de novo né?
PORCO diz:
Não, isso faz parte do meu passado
WC diz:
Isso me lembrou a época de faculdade
PORCO diz:
Pois é rapaz. Boa época
WC diz:
Melhor que o colegial. Na faculdade era mais fácil o acesso ao álcool
PORCO diz:
No colégio era tudo mais difícil, isso dava um tcham à coisa!
WC diz:
Era difícil pra caramba sair do colégio. Na faculdade é só levantar e ainda convidar o professor pra tomar uma junto
PORCO diz:
Meu eu estava fazendo uma análise das diferenças entre os colegiais e os universitários
WC diz:
Lá vem...
PORCO diz:
No colégio, o cara sai de balada e disputa com os amigos quem "cata mais minas" (só beijinho), ai um beija 10, outro beija 15 e outro beija 20 mas, ninguém come ninguém
PORCO diz:
Na facul o cara procura deixar uma garota bêbada o suficiente para ir pro motel com ele, lá ele tira fotos e depois sai contando, o que fez com a garota, pro amigos no bar.
WC diz:
Isso volta na minha teoria inicial que a facul é melhor pelo fato de termos álcool
PORCO diz:
Mas isso perde toda a graça, o bom é quando dá trabalho, o cara tem que improvisar
PORCO diz:
Nossa na escola, agente matava aula pra jogar Fliperama, andar de Skate nas escadas do Mc Donald's, etc...
PORCO diz:
Na facul também. Mas era uma coisa mais como matar aula pra jogar sinuca e tomar cerveja
WC diz:
E nós mais bebíamos que jogávamos...
PORCO diz:
Meu, como nós éramos diferentes. Eu tinha um moicano de dois palmos, alargadores, piercings onde até deus duvida.
WC diz:
Eu não duvidava. Só não fazia questão de ver mesmo!!!
WC diz:
Tinha alguma coisa na facul fora o álcool e a sinuca?
PORCO diz:
O Picles não participou dessa fase né
WC diz:
Não. Ele veio depois
PORCO diz:
Morreu tão jovem
PORCO diz:
Eu era tão bonitão, atleta
WC diz:
To te estranhando...
PORCO diz:
Ai ai. Mas sabe, não me arrependo de nada.
PORCO diz:
Faria tudo de novo
PORCO diz:
Até aquela parada com o travesti
WC diz:
QUE PARADA COM O TRAVESTI????
PORCO diz:
Esquece
WC diz:
Ta.
PORCO diz:
WC tenho que sair tem uma testemunha de Jeová no portão
PORCO diz:
Estou com medo
WC diz:
Tranca tudo e foge pelos fundos
PORCO diz:
Desliga a conexão
PORCO diz:
Fui!!!!
 

Isso é real?

Por Wagner Colozzo Abril
Fico feliz em saber que meu parceiro Porco ainda não foi rastreado por "Eles".
Sejam Bem vindos a (Des)Conspiração.
Aqui iremos mostrar o que é real e o que parece invenção de duas mentes doentias realidade.

Desse ponto em diante NÃO TEM VOLTA!!!!
 

bem vindos

Por Porco
Sejam bem vindos à Desconspiração, uma vez que você tenha entrado e lido nossos post's não terá mais volta, você será uma pessoa nova e com uma nova visão do mundo....

feche a janela enquanto pode depois não terá volta!
















Você escolheu a Pílula azul.

Parabéns



Eu sou o Porco e depois que vocês lêrem tudo oque eu e o de codinome WC vamos postar verão o quanto são alienados e não sabem da missa metade.

Não exponho nossas identidades porque "ELES" podem quer nos Barrar, "ELES" querem o povo ignorante e submisso.





Tenham um bom dia e sempre se pergunte... será que isso é real????

obs: se você bater com a canela e doêr geralmente isso quer dizer que é real!